segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

E lá se vai o Papai Noel...

Pronto! Mais uma vez, sobrevivi ao natal.

Ufa!

AC fez a maior festa! Ficou até as 2:30 brincando com os presentes, conversando, toda feliz!

E eu, mesmo cansada de tudo isso, fico satisfeita...

Agora vem o reveillon. A confusão é a mesma, mas acho que a passagem de ano é infinitamente mais suave que o natal... a expectativa de um ano melhor não cheira tanto a hipocrisia quanto o natal.

Tenho também vários amigos fazendo aniversário, o que faz com que essa semana entre natal e reveillon passe mais rápido ainda. Uma semana rápida e engordativa, diga-se de passagem...

Aos pouquinhos esse clima de final de ano vai se dissolvendo e as coisas voltam ao seu ritmo normal...

Bem... normal, normal mesmo, sabemos que só depois do carnaval! Mas estamos no Brasil e isso já faz parte do nosso folclore...

Vou aproveitar o espaço e mandar um salve coletivo para os aniversariantes da semana!!

- JC;
- Vovô Edgar;
- Brunna;
- Amanda;
- DindaTamara;
- Vovó Neusa;
- Titia Tela.

Acho que não esqueci de ninguém...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Mico de Natal - Parte 6

Vocês já repararam no clima de fim de mundo que paira sobre nossas cabeças em dezembro?

O terror começa a se instalar quando entramos em qualquer loja/shopping/mercado/armazém/banca-do-Paraguai, ou qualquer outro lugar que tenha algo a venda.

É impossível não seguir o ritmo da música e não gastar mais do que se deve no natal, pois um dos significados mais evidentes dessa data, infelizmente, é o comércio!!!

O consumismo nessa época ainda me surpreende... parece ser algo irracional e as lojas nessa época se tornam insuportáveis.

Esse, sem dúvida, deve ser o mico de natal mais chato de todos: as compras de natal!

É aquela mesma ladainha: amigo oculto, presentes para a família quando na maioria das vezes não sabemos o que as pessoas querem/precisam ganhar, lembrancinha pra um e pra outro, vai pro mercado em busca do tal peru (que mesmo achando a carne mais sem-graça do mundo muita gente acaba comendo por causa da ''tradição'')... Roupa nova pra usar na noite de natal (mesmo que você vá ficar em casa com a família mais íntima) e também uma roupa nova e branca pra usar no reveillon!

Confraternizar!!!!
Natal é época de repensar nossa vida, reavaliar e pesar tudo que fizemos de bom e de ruim durante o ano que passou!!!

Hipocrisia em baldes!!!! Devemos repensar a nossa vida e nossos atos diariamente! Isso sim...
E se não fizermos isso funcionar dessa maneira, não adianta dizer que vamos fazer na noite de natal! O foco principal da véspera de natal se divide em alguns quadros: fogos/comer/beber/presentes. #FATO
Precisamos confraternizar com as pessoas que gostamos, celebrar a vida e repensar nossas atitudes sempre!!
É minha humilde opinião...

Mas como não existe maneira de fugirmos dessa teia, lá vou eu fazer minhas compras de natal também. AC ainda não entende muito bem o funcionamento dessa parte e por sorte, qualquer brinquedinho que ela ganha já fica extremamente feliz (o mesmo não acontece com as roupinhas, mas...). Então, por enquanto, a ''Mamãe Noel'' aqui que escolhe os presentes.

Procuro sempre sair as compras bem antes da semana que antecede o natal, pois o clima apocalíptico do comércio me dá nauseas.

Pra quem deixou pro último dia, só me resta desejar paciência e BOA FILA! Não esqueçam de sair as compras com sapatos bem confortáveis...

Como este deve ser o úlimo Micos de Natal antes da véspera, vou então demonstrar ser um pouco mais simpática e desejar a todos um FELIZ NATAL!!!

Muito ''ho-ho-ho'' pra todos vocês!

SEJA UM IDIOTA

By Jabor

A idiotice é vital para o nossa felicidade.

Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre.

Putz!

A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado?

Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações e afins.

No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja um idiota!

Ria dos próprios defeitos e de quem encontrar defeitos em você.

Ignore o que o boçal do seu chefe disse.

Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, pra cima e pra baixo, é ele.

Pobre dele.

Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice.

Trate seu amor como seu melhor amigo e pronto.

Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselhos pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?

hahahahahahahaha

Alguém que saiba resolver uma crise familiar, mas que não sabe como preencher as horas livres de um final de semana?

Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?

É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas.

E daí, o que elas farão se já não tem pelo que se desesperar?

Des-aprenderam a brincar.

Eu não quero alguém assim comigo, você quer?

Espero que não...

Quem disse que tudo que é mais difícil é mais gostoso?

As vezes, a realidade que já é dura, piora se for densa.

Dura, densa e bem ruim.

Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço, não tomar chuva.

Pule corda!

Se lambuze com sorvete!

Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.

Ser adulto não é perder os prazeres da vida, e esse é o único ''não'' realmente aceitável.

Teste a teoria. Uma semaninha pra começar.

Veja e sinta as coisas como elas realmente são: passageiras.

Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau-humor e transmitir isso adiante, ou do contrário, sorrir... SEMPRE!

Bom mesmo é tirar os problemas da cabeça (ou você os resolve ou então... deixa pra lá), sorriso na boca e paz no coração.

Aliás, aprenda a confiar e entregue os problemas e as pré-ocupações na mão da Existência... e que tal um cafezinho gostoso agora?

Como dizia Chaplin:
''A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche.''

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Mico de Natal - Parte 5

Sair pelas ruas da cidade atrás de casas decoradas é, sem dúvida, um dos maiores micos que uma mãe pode pagar no natal!!!
Sem contar que é ecologicamente nada correto sair por aí rodando aleatoriamente se considerarmos o consumo de combustível e as campanhas em prol do planeta que estão sendo feitas...
Aliás, pode ser considerada uma atitude insana sair rodando pela cidade atrás de casas com luzinhas se prestarmos atenção no valor do litro da gasolina!!! Isso sim...
Mas confesso que a AC adorou! Então, nem preciso dizer que até o final do ano vamos sair rodando pelas ruas novamente atrás de casas e praças decoradas...
Sem mais.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Colheita Infeliz

Maldita seja a hora que eu insisti em saber como era o funcionamento dessa porcaria de aplicativo!!!

Que eu sou completamente viciada no orkut muitos ja devem ter percebido. Mas se tem algo que até pouco tempo atrás me irritava profundamente, era ver aquelas folhinhas com tal recado:

"Fulano esta feliz jogando Colheita Feliz. Podemos entrar e experimentar!"

Confesso que eu tentei entrar várias vezes e não me sentia feliz porcaria nenhuma jogando aquilo.

Não entendia absolutamente nada daquele jogo. Muito pelo contrário... me sentia uma maluca clicando em todos os cantos e fazendo coisas sem sentido...

Atá que um dia fiz um cursinho intensivo e fui aprendendo.

Pra que? Alguem me explica pra que?

Essa porcaria e mais do que viciante!!! Esse joguinho é a nova coqueluche no orkut! Quase todos os meus amigos estão jogando e eu não moderia ficar de fora.

Viciei também...
O que eu achava a coisa mais estúpida do mundo, hoje me arranca gargalhadas em frente ao computador.

Tá certo! Me sinto uma retardada dando comida pra uma galinha e pra uma vaca virtual e colhendo abóboras... mas ao mesmo tempo é muito engraçado!

Pra quem ainda não se rendeu aos ''encantos'' dessa fazenda, a moral é a seguinte: tu planta, colhe, compra animais, vende o que colhe e o que os animais produzem. Tu podes também ir até a fazenda dos teus vizinhos (teus amigos) e saquear a colheita deles.

As vezes pode ser mordido pelo cachorro do vizinho e perde algumas moedas tentando fugir...

Ah, tem também as travessuras!!! Tu podes ir até a colheita dos teus vizinhos e colocar pestes (que são minhocas) ou pragas (ervas daninhas) na plantação. Isso danifica e diminui a produtividade do que ali está plantado dependendo do tempo que elas ficam ali.

Quando tu colocas pestes ou pragas na plantação, vem o sutil recado: ''Você acaba de fazer uma coisa má!''

O Assistente de Fazenda é uma espécie de ''fofoqueiro'', pois ele conta tudo que acontece pelas redondezas. Ele conta o que você comprou no mercado, o que você vendeu, quem veio na tua fazenda te ajudar, o que cada um roubou, quem teu cachorro mordeu e quem veio até a sua fazenda fazer travessuras e danificar sua plantação!

Boa parte do jogo é grátis. Mas como nem tudo na vida é perfeito, no jogo também não poderia ser diferente... para utilizar muitas opções (as melhores, obviamente), você precisa colocar dinheirinho de verdade na brincadeira. Bem, eu não tenho coragem de usar meu rico dinheirinho pra comprar pavão virtual!!!

Vou brincando, saqueando a fazenda dos vizinhos e fazendo muitas travessuras todos os dias...

Nem vou falar aqui do FarmVille, que é outra porcaria que me viciou completamente!! Aff....

PS: Me internem, por favor...

domingo, 6 de dezembro de 2009

Mico de Natal - Parte 4

Vamos então ao nosso 4º Mico de Natal.

Natal Luz e Sonho de Natal!!! Gramado e Canela...

Devo deixar claro que este é o meu Mico de Natal preferido.
Sim, pois eu adoro a serra gaúcha! Em especial Gramado e Canela, que são cidades muito lindas e acolhedoras em qualquer época do ano, não só no natal.

Mas, se o Papai Noel realmente existisse, e fosse escolher um local no Brasil pra fixar moradia, não tenho dúvidas de que seria em Gramado. Até eu, que como vocês já devem ter percebido, não curto muito o natal, sou apaixonada pela decoração natalina de lá. Não sei se o que desperta essa minha admiração toda é realmente a decoração em si, ou se é o fato da decoração estar por todos os cantos da cidade e se manter intacta da metade de novembro até a metade de janeiro.

São praticamente 2 meses com a cidade completamente decorada, sem que vândalos destruam tudo, sem que a cidade perca o brilho seja pelo motivo que for. E a cada ano que passa, fica tudo mais colorido, mais iluminado...

Pois bem, mesmo com toda essa beleza, não deixa de entrar na categoria "mico".
Como íamos em um grupo maior, alugamos um van e saímos de casa rumo a serra por volta das 15hs.

Chegamos direto ao Café Colonial Bela Vista, parada obrigatória a todos que não sabem conter sua compulsão alimentar (que meu psiquiatra, Dr. Fábio, não esteja lendo isso...) e ficamos lá por cerca de uma hora. Tempo mais do que suficiente para sairmos passando mal.

A macacada reunida... mas como éramos muitos, alguns não apareceram na foto...

Os idealizadores do Mico de Natal Parte 4 e sua pequena musa inspiradora...

Saimos de lá, direto e sem escala para uma loja de chocolates. Inacreditável, mas eu, mesmo sendo chocólatra ao extremo, sequer experimentei as amostras que estavam distribuindo!!! Se fizesse isso, seria sair de lá direto para o hospital, sem dúvidas!

Florybal... Tinha esperança de encontrar Willy Wonka ali dentro...

Só pra terem uma idéia do que encontramos na loja...

Como não poderia deixar de ser, Papai Noel em todos os cantos...

Depois disso, seguimos então para nosso destino final: a Catedral de Pedra no centro de Canela para a tal chegada do Papai Noel.

Imaginem uma cidade lotada. Lotada mesmo, sem lugar pra estacionar, sem lugar pra sentar, com cafés e restaurantes absurdamente lotados. Esse local é Canela em noite de chegada do Papai Noel.

Lá os bares e restaurantes que ficam próximos a catedral e que de alguma maneira podem proporcionar uma boa visão do "espetáculo", ficam lotados desde muito cedo. Então, não nos resta outra alternativa além ficarmos firmes nas canelas, vendo tudo em pé mesmo. Para isso, conto com a ajuda do meu fiel escudeiro sling, que ainda me ajuda muito nesses momentos.

A AC, como já era de se imaginar, dormiu durante a espera. Precisei acordá-la quando o Papai Noel e os duendes iniciaram a descida de rapel da torre da catedral. Então, ela já meio sonolenta, já muito cansada, limitou-se a dizer: "mãe, olha lá, o Papai Noel é lindo, mais eu quéio i embóia mãe, quéio i pá minha casa."

Fechou a cara, deitou no ombro do pai dela e não olhou pra mais nada...

Catedral de Pedra - Canela/RS

Papai Noel e seus ajudantes, descendo de rapel da torre da catedral

Depois da descida, de um discurso clichê sobre o natal, de muitas felicitações e de um show de fogos de arrasar, o Papai Noel e seus ajudantes fazem um breve desfile pela cidade em uma espécie de "trenó" improvisado.
Nesse momento, AC já estava mais acordada e ficou toda eufórica dando tchau e mandando beijo.

Nem tudo foi perdido...

Papai Noel e seus ajudantes desfilando de "trenó", kkkkkkk

Fim de noite, voltamos pra casa exaustos, com pelo menos 2kg a mais cada um, com dor nos maxilares de tanto dar risada e com certeza com muitas histórias pra contar...

Mas, Toco e Celso, por favor, tentem me explicar o que estava acontecendo no momento em que a foto abaixo foi tirada...
Estou realmente muito curiosa...

[aguardando legenda] kkkkkkkkk

sábado, 28 de novembro de 2009

Velhos tempos, belos dias

Não deve ser só comigo! Acho que todos nós que tivemos a oportunidade de crescer na década de 80, acabamos vivenciando hoje um certo saudosismo com relação a muita coisa referente àquela época.

Lembro que eu chegava da escola, almoçava com meus avós, olhava Chaves e Chapolin Colorado e, depois de fazer os trabalhos da escola que precisavam ser feitos, corria pra rua. Ia brincar com meus amiguinhos no meio da rua. Brincávamos por horas, jogávamos bola, brincávamos de esconder... e acabava indo dormir cansada de tanto correr, brincar e desenhar no asfalto com pedaços de tijolos.

Naquela época não existia televisão à cabo (pelo menos não me lembro), mas nem era necessário, pois os programas infantis eram, de fato, feitos para crianças.

Hoje em dia, nem os desenhos animados parecem terem sido feitos pra crianças! Hanna Barbera tinha excelentes desenhos que com certeza faziam a nossa alegria!!! Eu poderia passar horas na companhia de Zé Colméia e Catatau, Smufs, Penélope Charmosa, Salsicha e Scooby, dentre tantos outros...


Não tem como falar de programas infantis dos anos 80 sem fazer referência ao quarteto dos Trapalhões. Didi, Dedé, Mussum e Zacarias, faziam a nossa alegria antes de iniciar o Fantástico. Juntos, sem dúvida eram imbatíveis, não só no seu programa, mas também nos vários filmes que lançaram. Sempre destaco Os Santimbancos Trapalhões, de 1981, que até hoje me emociona muito.

Com a morte de Zacarias e Mussum não teve como se falar em manter o grupo e como não poderia deixar de ser, os Trapalhões acabaram. Em uma tentativa desesperada de reaver o sucesso perdido a Turma do Didi não chegou sequer aos pés do que um dia foi a formação original do grupo.

Claro que hoje em dia existem desenhos didáticos que estimulam a criatividade das nossas crianças. Backyardigans e Pinky Dinky Doo são exemplos. Mas na televisão aberta é realmente muito complicado encontrar algo com algum conteúdo para uma criança assistir, pois todos os programas (mesmo os infantis) são recheados de violência ou da mais pura sacanagem.

Eu prefiro sempre gravar os desenhos que a AC vai assistir, pois essa é a maneira que encontrei de ''passar um filtro'' no conteúdo dos programas que ela assiste.


Sendo assim, muitas vezes procuramos vídeos no youtube para variar o que ela assiste, e em uma dessas varreduras buscamos alguns vídeos do Balão Mágico.
Para minha surpresa e absoluta alegria, a AC ficou fascinada pelos clipes!!! Olha mil vezes e já decorou algumas músicas!

Me emocionei ao ver o clipe de Superfantástico e também ao vê-la cantando junto depois de assistir algumas vezes. Como disse Djavan: ''Superfantasticamente, as músicas são asas da imaginação...''

Quero fazer o possível pra mantê-la dentro deste universo. Enquanto eu conseguir apresentar, com sucesso, desenhos e músicas "da minha época", vou fazer!

Vou fazer, pois julgo que nossa geração é bem menos problemática do que as posteriores. Se isso se deve aos métodos de ensino, a liberdade oferecida pelos pais, ao fácil acesso ao mundo eletrônico e virtual... não sei! E honestamente? Não vou perder meu tempo pensando nisso!

Acredito que estou fazendo a minha parte, cuidando da minha filha da melhor maneira possível, desligando a televisão quando percebo que o nível da programação despenca e "créus" começam a tocar. Principalmente, estou tentando fazer com que ela não perceba as maldades e malícias do mundo para que possa viver intensamente os primeiros anos da sua vida!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

No mínimo intrigante...

''- Papai, o que é a Páscoa?

- Páscoa é... bem ... é uma festa religiosa.

- Como o Natal?

- É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressurreição.

- Ressurreição?

- É, ressurreição. Marta, vem cá!

- Sim?

- Explica pra esse garoto o que é ressurreição pra eu poder ler o meu jornal.

- Bom meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressucitou e subiu aos céus. Entendeu?

- Mais ou menos mamãe. Jesus era um coelho?

- Que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma educação cristã. Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus me perdoe! Amanhã mesmo vou matricular esse menino no catecismo.

- Mãe, mas o Papai do Céu não é Deus?

- É filho, Jesus e Deus são a mesma coisa. Você vai estudar isso no catecismo. É a trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.

- O Espírito Santo também é Deus?

- É sim.

- E Minas Gerais?

- Sacrilégio!!!

- É por isso que a Ilha da Trindade fica perto do Espírito Santo?

- Não é o estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho. É o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas se você perguntar no catecismo a professora explica tudinho.

- Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa?

- Eu sei lá! É uma tradição! É igual ao Papai Noel, só que ao invés de trazer presentes, traz ovinhos...

- Coelho bota ovo?

- Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!

- Papai, não seria melhor se fosse galinha da Páscoa?

- Era... era melhor sim. Ou então urubu!

- Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro né? Que dia ele morreu?

- Isso eu sei: na Sexta-Feira Santa.

- Que dia e que mês?

- (???) Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na Sexta-Feira Santa e ressucitou três dias depois, no Sábado de Aleluia.

- Um dia depois!

- Não, três dias depois!

- Então ele morreu na quarta-feira...

- Não, morreu na Sexta-Feira Santa... ou terá sido na Quarta-Feira de Cinzas? Ah garoto, vê se não me confunde! Morreu na sexta mesmo e ressucitou no sábado três dias depois! Como? Pergunte a sua professora de catecismo!!

- Pai, por que amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua?

- É que hoje é Sábado de Aleluia e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o Apóstolo que traiu Jesus.

- O Judas traiu Jesus no sábado?

- Claro que não! Se Jesus morreu na sexta...

- Então por que eles não malham o Judas no dia certo?

- Ui...

- Papai, qual era o sobrenome de Jesus?

- Cristo. Jesus Cristo.

- Só?

- Que eu saiba sim, por quê?

- Não sei não. Mas tenho o palpite que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?

- Ai coitada!

- Coitada de quem?

- Da sua professora de catecismo...''

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

40,5º

Não, não estou cantando "Rio 40 graus", nem quero postar sobre o clima de Senegal.

Essa foi a temperatura da minha filha no meio dessa semana.

Nossa!! Espero que quando chegar o verão aqui no sul (sim, pq eu tenho esperança que um dia pare de chover por aqui e chegue o verão), termine esse verdadeiro show de horrores que a AC está fazendo comigo.

Na terça a tardinha a temperatura dela, do nada, foi a 39º.

Já imaginei que teríamos uma nova amigdalite por aí. Eu era assim quando criança, o pai dela idem, então eu não poderia esperar nada diferente do que temos em casa.

Passei a noite inteirinha cuidando dela, controlando a febre (que passou de 40º) e tudo que ela trouxe...

Quarta pela manhã consultamos e confirmamos o que já era imaginado. Entramos com o tratamento devido...

A tardinha, com a primeira dose do antibiótico devidamente ministrada, minha sogra (que cuida dela enquanto eu trabalho), me devolve a pequena pegando fogo e extremamente abatida. Colocamos o termômetro e quando vi o resultado pensei que estivesse precisando visitar o oftalmo: 40,5º!!!!!!!

Meu desespero foi maior ainda pq ela já havia tomado a anti-térmico a quase 40 minutos e a temperatura não estava demonstrando que iria baixar!!!

Minha única reação foi procurar o celular pra ligar pro pediatra, mas nessa hora eu não encontrava o meu celular e o número dele desapareceu da minha memória...

Consegui falar com ele controlando o choro de desespero e coloquei a AC em um banho morninho. Logo ela foi reanimando, começou a brincar e passou a reagir.
Ficamos uns 20 minutos brincando assim e a temperatura regrediu pra 39º. Ainda é muito, mas já me deixou extremamente aliviada... Dei mais algumas gotinhas de anti-térmico mas ela permaneceu abatida por mais um bom tempo.

Me apavora o fato da febre dela ser repentina, extremamente alta (sempre q surge algum problema a febre inicial é 39...), e como é resistente ao anti-térmico. Nossa!!!

Mantivemos o anti-térmico de quarta a noite até agora, a cada 3 horas. Só assim foi possível controlar a temperatura...

Hoje tivemos nova consulta. Ela estava bem mais abatida do que na primeira. O antibiótico não fez efeito, a amigdalite piorou e agora o probleminha foi pro ouvido também. Isso explica a febre insistente, a dor de cabeça, o desânimo, a falta de apetite...

Médico retirou o atb que ela estava tomando e prescreveu um injetável. Confesso que prefiro assim.

Foi uma choradeira imensa pra tomar a medicação, mas pelo menos tenho certeza absoluta que a medicação foi totalmente absorvida - esses remédios são horríveis e quase sempre provocam vômito, daí sempre ficamos pensando se a criança tomou ou não a dose correta.

Hoje conseguimos ficar 5 horas sem anti-térmico! Vou considerar isso excelente!

Ainda faltam 2 ampolas da medicação. Espero que pelo menos minha pequena tenha um final de semana sem febre...

Ô judiação!!!!
.
.
.
.
.
.
.
.
Perceberam que hoje é sexta???

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

FRINGE

Fringe é a série criada por J. J. Adrams (mesmo criador de Lost, aliás). A série tem uma mistura de X-Files e Lost. Foi lançada no dia 09 de setembro de 2008.

É um drama que vai explorar a tênue linha entre ficção científica e a realidade. Quando um acidente aéreo ocorre em Bostona, matando todos os passageiros e a tripulação de forma chocante, a agente especial do FBI Olivia Dunham (a novata Anna Torv) é chamada para investigar. Depois que seu parceiro, o agente especial John Scott (Mark Valley, de Boston Legal), quase morre durante a investigação, Olivia procura desesperadamente por ajuda e acaba conhecendo o Dr. Walter Bishop (John Noble, o Detenthor de Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei), considerado o Einstein de nossa geração. Só há um problema: Walter esteve internado em uma clínica psiquiátrica pelos últimos 17 anos e a única forma de questioná-lo é pedindo ajuda a Peter Bishop (Joshua Jackson, o Pacey de Dawson's Creek), o estranho filho de Walter que possui um QI de 190.

Quando a investigação de Olivia a leva a manipuladora executiva Nina Sharp, esse trio improvável, ao lado dos agentes do FBI, Phillip Broyles (Lance Reddick, de Lost) e Astrid Farnsworth, vai descobrir que o que aconteceu com o voo 627 é apenas um pedaço de uma verdade maior e mais chocante.
Fonte: Wikipédia


Eu sempre tenho uma certa resistência pra iniciar uma série. Sei que acabo viciando muito rápido e não consigo desgrudar os olhos da televisão enquanto não coloco em dia todos os episódios atrasados. Esperar pelos novos episódios também é algo que cria uma grande expectativa! Não é a toa que estamos na contagem regressiva pra chegada de 2010, pois, junto com ele, chegam novos episódios de Lost...

Mas acabei me rendendo ao Fringe!

Não só me rendi como devorei todos os episódios existentes!!!

A série é simplesmente uma delícia! Uma mistura do que há de melhor em termos de ficção científica (ou ciência de borda, hehehe) e investigação policial. Isso tudo temperado com um toque de comédia na medida certa.

Os acontecimentos ainda não estão totalmente vinculados, o que vai tornando a série cada vez mais intrigante. Ficamos nos perguntando até que ponto a ciência está realmente evoluída, e também, se tudo que assistimos nos episódios é meramente ficção.
Como disse a sinopse acima, a linha é muito tênue...


E todas as minhas amigas, fãs de Jack e Sawyer (de Lost), tem um grande motivo para deliciar-se com Fringe assim como fazem com Lost!

Este motivo chama-se Peter Bishop (Joshua Jackson).
Obrigada J.J. Adrams!!!





Agora, deixo aqui um apelo público a minha querida amiga Renata: quero os DVDs do Dexter!!!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Mico de Natal - Partes 2 e 3

Dando prosseguimento, vamos partir agora para o Mico de Natal - Partes 2 e 3.

2 - O Papai Noel chegou!! Que momento feliz!

E pra completar esse momento, precisamos ir até ele, ficar na fila, tirar foto no colo dele!! Confesso que quando a AC falou que queria ir ver o Papai Noel eu não acreditei muito que ela fosse ter coragem de encarar a situação e chegar perto do barbudo.
Mas, contrariando todas as minhas expectativas, ela foi! Ficou na fila e sentou toda corajosa no colo dele. Deu aquele sorrisinho amarelo, típico de quem não sabe se está confortável com a situação.



3 - Hora de montar o pinheirinho!

AC aguardava anciosamente o momento de montar o pinheirinho.

Quando eu entrei no closet, peguei aquela caixa empoeirada, coloquei no chão e perguntei quem me ajudaria a montar o pinheirinho, ela abriu um sorrisão e saiu gritando pela casa ''eu! eu! eu!''.



Eu sempre acho que o pinheirinho ficou horrível e acabo comprando mais algumas bolinhas ou algumas frescuras pra pendurar. Obviamente não sei o significado de cada pendurico daqueles, portanto, perguntei ao Pai Google, que tudo sabe. Caso tenha curiosidade, clique aqui.

No mercado, me deparo com um pinheirinho cor-de-rosa!!!! Sem perceber, estava eu desfilando com o tal pinheirinho dentro do carrinho pra todos os lados. Quando estava me dirigindo pro caixa, lembrei de passar pra pegar algumas bolinhas rosinhas também. Imaginei que ela fosse adorar colocar um pinheirinho rosa no quartinho dela. O que, de fato, aconteceu...

Qual será o próximo Mico de Natal?

Casamento Márcio e Viviane!

Mais um super evento com participação especial da Ograda!

Parabéns Márcio e Viviane, toda a felicidade do mundo pra vocês, hoje e sempre!

Festas de casamento (em conjunto com aniversário de criança), pra quem está retornando pra uma RA, com certeza, é um desafio e tanto!! Mas me comportei! Comi só 3 docinhos e não comi bolo, ehehehe

AC se comportou como uma lady, do início ao final da festa! Inclusive foi ao salão arrumar as madeixas. Sei que sou babona, mas que mãe não é??

Abaixo, fotos dos melhores momentos da festa!








Gosto de ressaltar sempre que o teor alcoolico dessa turma toda é baixíssimo! O pessoal se diverte, faz bobagem, na maior animação e de cara limpa!!!



Uma prova de que bebida em excesso não contribui de maneira nenhuma pra diversão!

sábado, 14 de novembro de 2009

2012

Quase tive uma crise histérica ao ver o trailer do filme 2012 que estreiou ontem.


Sinopse: 2012 - O ano da profecia. A história se baseia na cultura Maia e na sua lenda de que a terra chegará ao seu fim no ano de 2012 - o último do calendário Maia. Desastres naturais, que vão de tsunamis e tempestades a erupções vulcânicas, acabam fazendo do planela um lugar inabitável. Tudo isso é mostrado no trailler do filme, que conta com excelentes efeitos especiais. Vemos também a destruição de cidades como Las Veagas e Los Angeles e do Vaticano, além do Cristo Redentor caindo aos pedaços. Estão no elenco Jonh Cusack, Amanda Peet e Danny Glover.


Este é o tipo de filme que prende minha atenção. Filmes que envolvam desastres naturais, destruição em massa e um reinicio da vida. Pode até parecer meio clichê aos olhos de muitos, mas até mesmo a figura do Presidente americano representado sempre por um negro, eu acho o máximo!


O filme é simplesmente um SHOW DE EFEITOS ESPECIAIS!!!! Em várias partes do filme cheguei a perder o fôlego! Uma produção fodástica mesmo!!


Não vou prolongar muito o post, pois o objetivo não é transformar meu comentário em spoiler.


Pra quem ainda não viu, vale a pena espiar o trailer.



quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Mico de Natal - Parte 1

Pois é. O ano passou a galope e já estamos nós nos preparando pra chegada de 2010!

Bem, não é novidade pra ninguém que me conhece que eu DETESTO natal!

Por mais que eu olhe ao meu redor, só vejo as pessoas tristes no natal. Natal é um momento extremamente depressivo pra maior parte da população (pelo menos pra maior parte da população que me rodeia).

As pessoas ficam tristes pelos mais variados motivos: tristes pq é Natal (?) e não temos mais algumas pessoas que amamos ao nosso lado; tristes pq é Natal (?) e estão enfrentando algum problema na família; tristes pq é Natal (?) e enquanto a televisão mostra o tempo inteiro ceias fartas e mesas repletas de pessoas felizes no maior estilo "comercial de margarina", muitos não tem sequer um pão pra partilhar com os filhos. Ou simplesmente tristes pq é Natal.

É o meu caso...

Claro que todo mundo entra no clima! Com toda a mídia e comércio direcionados pra isso, impossível não deixar florescer o tal espírito natalino e entrar na brincadeira.

Mas até pouco tempo atrás eu conseguia fugir desse universo de velhos barbudos e barrigudos vestidos de vermelho e de bolinhas coloridas penduradas em uma árvore atrapalhando no meio da nossa sala. Não foram poucas as vezes que acabei usando medicação pra dormir e fugir dessa festa cujo significado até hoje não consegui entender muito bem...

Mas, com a chegada do meu irmão a 7 anos, a coisa começou a melhorar um pouco... A presença de uma criança dentro de casa, por si só, já renova a magia.

Com a chegada da AC me vi obrigada a encarar de vez que meus natais precisam ser diferentes, precisam ser mais alegres. Não por mim, e sim por ela!
Eu não curto natal. Isso é fato!
Mas também é fato que não posso permitir que ela cresça com essa mesma raiva sem fundamento que eu tenho do Bom Velhinho.

Começamos então a decorar a casa, espalhar "Papais Noéis" (é assim que se escreve?) por todos os lados, colocar os presentes na árvore, montar uma ceia bonita e tudo mais.

Este ano pretendo caprichar ainda mais! Quero tentar contratar um Papai Noel profissional pra vir entregar os presentes na Noite Feliz. Aliás, se souberem de alguém aqui em Esteio que pague esse mico, por favor, não deixem de me avisar.

Um dos micos de natal que uma mãe tem que passar, é a tal "Chegada do Papai Noel". Não importa onde! Se o Papai Noel vai chegar em algum lugar, tu tens que levar teu filho pra assistir! É como se fosse a cerimônia de abertura do natal.

Hoje foi a vez do Papai Noel chegar no Shopping Canoas. Reunimos um pessoal e fomos recepcioná-lo.


Reparem na multidão que estava participando do primeiro Mico de Natal 2009...

AC ficou mega empolgada!

E aqui, o meu trio do coração: AC, Alícia e Alice. Em breve, Luiza...

Pela felicidade da minha pequena hoje, só me resta desejar que venham muitos outros natais e muitos outros micos! Com certeza esse sorriso lindo é muito mais valioso pra mim do que qualquer sentimento infundado ou preconceito com relação ao natal!

Sorte minha que não existem verdades absolutas e que não sou dona da razão, pois assim, minha filha tem a chance de curtir o natal de maneira diferente de mim...

Em breve: Mico de Natal - Parte 2...

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

FISK


Hoje foi o coquetel de inauguração da escola FISK de Esteio.

Parabéns João e todo o sucesso possível!!

O Curioso Caso de Benjamin Button

Sinopse: Nova Orleans, 1918. Benjamin Button (Brad Pitt), nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno de oitenta anos mesmo sendo um bebê. Ao invés de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança ele conhece Daisy (Cate Blanchett), da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver.

A sinopse, por si só, já é uma delícia!
Estava na maior expectativa pra assistir a este filme desde o seu lançamento. Mas lá em casa a gente mantém o mal hábito de baixar os filmes na internet e várias vezes baixamos com uma qualidade tão ruim que acabava impossibilitando assistir!

Até que hoje perguntei pro Cristiano se ele tinha baixado novamente com uma qualidade pelo menos aceitável, e ele, não só disse que sim, mas também confessou já ter assistido!!
Putz! Ele sabia que eu queria assistir a um tempão e não me avisou que conseguiu!! FDP...

Bem, fui então assistir o filme no meu horário de almoço.

Não consegui assistir até o final!!! Tudo bem, meu horário de almoço foi curto. Mas não foi só isso...
Embora a história seja realmente muito emocionante e envolvente, o filme não é daqueles que me prende no sofá...

Os acontecimentos se dão de forma muito lenta. A impressão que ficamos é que a história está pra engrenar a qualquer momento e esse momento não chega nunca!

Só li críticas positivas sobre o filme! Será que sou maluca???
Acabei deixando de lado e vou voltar a ver com mais calma depois.

Espero desfazer essa imagem ruim que fiquei de um filme que tem uma história tão linda...

terça-feira, 10 de novembro de 2009

55ª Feira do Livro de Porto Alegre


Iniciou no dia 30 de novembro a 55ª Feira do Livro de Porto Alegre, uma das mais antigas do país.
A feira é realizada na Praça da Alfândega, no centro de Porto Alegre, com a área infantil e juvenil instalada as margens do Rio Guaíba, no cais do porto.

Eu adoro ir a Feira do Livro. Sempre dou uma passadinha por lá pra dar uma espiada.

Nos tempos em que estava na faculdade, ficava mais tempo nas bancas que continham livros jurídicos.
No ano que a AC nasceu (2007), não fui até a feira, por julgar que ela era pequena demais para frequentar um local tumultuado como é a Praça da Alfândega em dias de Feira do Livro.

Mas afinal, Feira do Livro é um passeio bacana pra crianças pequenas?

A resposta é SIM!!

Na edição de 2008 levamos a AC. Confesso que não tive muitas expectativas, pensei que ela não fosse aproveitar nada.

Mas criei coragem, ''slinguei'' a pequena e fomos.
Ela ficou simplesmente deslumbrada com todas aquelas cores e formas!

Ela mesma escolheu os seus livrinhos. Foram 4 ao todo! Livros específicos para a idade dela e ótimos para auxiliar no seu desenvolvimento e aprendizado.

Nesta edição então, ela aproveitou mais ainda!! Fomos até um espaço do Sesi, onde as crianças (e os adultos também), tem um cantinho mais tranquilo e climatizado pra curtir livros e revistas.

AC e Henrique, lendo no espaço Sesi. Concentração total...

Esse espaço é bacana até pra direcionar um foco de interesse nas bancas. O Henrique, por exemplo, está totalmente fascinado por dinossáuros! Vendo um livro sobre os ''bichinhos'' no espaço do Sesi, não restou dúvidas sobre o tipo de livros que ele procurou nas bancas...

AC também escolheu alguns livrinhos. Os eleitos foram livrinhos com atividades, principalmente com figuras pra pintar...

A feira também oferece inúmeras atrações nos pavilhões do cais do porto. Teatros, oficinas de pintura, oficinas de música, uma praça de alimentação com vista pro Guaíba... Diversão garantida pro dia inteiro.

Dá pra conferir a programação da feira pelo site. Ainda tem uma semana pela frente (a feira vai até o dia 15/11), se houver interesse, é só clicar aqui.

A melhor maneira de cultivar dentro das crianças o interesse por literatura, é mantê-la dentro desse ambiente sempre. Estimulando, incentivando e mostrando como podemos viajar se estivermos em contato com esse universo!

O único inconveniente de ir a feira com crianças, é o fato de ser totalmente inviável uma visita aos stands da área reservada aos adultos. O passeio acaba se tornando extenso e cansativo demais para os pequenos e acabamos não conseguindo aproveitar o que a feira oferece.

Então, fica a dica: ir em um dia apenas para curtir a área infantil e caso tenha interesse em visitar outras áreas, deixar as crianças em casa e se aventurar sozinho (ou com alguém com o mesmo ponto de interesse e paciência que você...)

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Instituto de Cardiologia - POA


Hoje foi a consulta com uma cardio pediatra do Instituto de Cardiologia de Porto Alegre.

Fora um pequeno problema com a marcação da consulta, só tive boas notícias.

AC foi atendida pela Dra. Estela, médica da equipe de cirurgia, acostumada com problemas semelhantes ao de minha pequena.

Ela foi extremamente atenciosa, desenhou o coração, simulou o fluxo sanguíneo e, dentre muitos detalhes, disse o que me importava ouvir nesse momento: a CIA da AC é considerada muito pequena para submetê-la a uma cirurgia.

Ela será monitorada. Se a comunicação aumentar com o crescimento do coração, ou se ela apresentar algum sintoma que possa estar relacionado ao problema, iremos reavaliar a necessidade de cirurgia.

De qualquer maneira, vou buscar uma opinião de um segundo especialista. Sou assim, mega chata quando o assunto é médico e não arrisco nem por um segundo a saúde da minha filha...

Não que eu esteja duvidando do diagnóstico dela, de maneira nenhuma! Apenas acredito que preciso fazer uma "conferência de informações". Ouvindo de um outro especialista o mesmo que ouvi dela, vou definitivamente deitar a cabeça no travesseiro e dormir tranquila...

AC chorou desesperada em consulta e não deixou ser examinada (grande novidade...).
Um fato curioso que ocorreu: a médica me disse que ela gostaria de realizar uma ecocardio na AC, pois gosta de conferir "com as próprias mãos". Mas ao mesmo tempo, ela disse que não gosta de sedar crianças da idade e com o peso da AC.
Então, ela pediu que eu converse com a AC em casa antes do exame, e explique pra ela, que a médica não gosta de sedar crianças, então ela deve se comportar e ficar quietinha durante o exame. É mole?

Acho que ela não percebeu que a minha filha tem 2 anos, e não 12...

Obrigada pela torcida!!!

Amanhã vou retomar aos poucos a minha vida, que foi colocada em stand by com tudo que andou acontecendo...
Minha listinha de prioridades:
- meus estudos
- exercícios
- RA
(não necessariamente nesta ordem...)

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

CIA - Comunicação Inter-Atrial

Finalmente, isso que está me deixando chateada...
Quem acompanha o blog ou me conhece, sabe que gosto de tudo nos míííínimos detalhes...

Vamos lá!
Quando minha filha tinha 30 dias, na consulta de rotina ao então pediatra (Dr. Lauro Dondonis), foi detectado um pequeno soprinho no coração dela. Só que, chegando essa frase aos ouvidos de uma mulher puerpera, em pleno baby blues, ainda mais fazendo referência ao seu bebê recém-nascido, a palavra "pequeno" é totalmente inaudível...

Fizemos uma ecocardio e foi constatado um pequeno defeito no septo do coraçãozinho dela. Segundo o pediatra, algo normal, que dispensava maiores cuidados e acompanhamento, pois a tendência desses problemas é se resolver sozinho.

Por volta dos 5 meses (e já imensamente insatisfeita com o pediatra), pedi nova requisição de exame (que me foi dada sob protesto e alegando ser desnecessário), e refiz a ecocardio quando ela tinha por volta de 6 meses.

O problema persistia e do mesmo tamanho: 1mm.
Óbvio que sei que 1mm é algo mínimo! Mas imaginem isso no coração de um recém-nascido!!
Além disso, imaginem o coração de uma mãe ao saber que o coração do seu bebê tem um defeito, por menor que seja!!!!

Levei ao atual pediatra que me disse que jamais deixaríamos de acompanhar enquanto o laudo do exame não fosse normal.

Com pouco mais de um ano fizemos nova ecocardio e a melhor notícia que poderíamos receber veio na conclusão do laudo do exame: estudo ecográfico com mapeamento a cores NORMAL!!

Era tudo que eu desejei ler desde aquele fatídico dia no consultório onde descobrimos o problema!!!
Caso encerrado (ao menos na minha cabeça).

Em uma das consultas semanais que a AC teve durante o mês de outubro...
Se eu disse semanais? Sim, isso mesmo! Durante o mês de outubro AC não me deu sossego por uma semana sequer! Tivemos febre altíssima, tosse, amigdalite, diarréia, crise de rinite, mordida de cachorro, 4 consultas ao pediatra, várias ligações, inúmeras conversas pelo orkut e alguns exames de sangue...

Onde eu estava mesmo?

Ah, pois bem...

Em uma das consultas semanais que a AC teve durante o mês de outubro, o pediatra me pediu para refazermos a ecocardio, apenas para controle. Afinal, o problema já estava solucionado.

Eu, como boa mãe neurótica que sou, apenas esperei melhorar a zica da semana (que era tosse) e marquei o tal exame. Fui absolutamente tranquila fazer!

Durante o exame, imaginei que meus olhos estivessem me pregando uma peça! Pude ver, nitidamente, um buraquinho no monitor. E eis que nesse momento a médica puxou o tapete debaixo dos meus pés: "É mãezinha, ela tem um defeitinho no septo..."

Ela tem uma comunicação inter-atrial ostium secundum, que é a cardiopatia congênita mais comum e mais fácil de ser resolvida...

Levei um susto imenso! Ela tem exame anterior mostrando que estava tudo resolvido!!!
Mas não! O defeito está ali, bem claro, e o tamanho bem diferente dos exames anteriores: 3,6mm
Não sei nem como consegui vir dirigindo pra casa. Cheguei no trabalho, chorei bastante e quando recobrei um pingo de minhas forças entrei em contato com o pediatra via orkut mesmo, que me pediu pra levar os exames pra ele comparar.
E assim fiz...

No outro dia, fomos novamente ao consultório, ele comparou os exames, examinou a AC e nos encaminhou a um cardiologista pediátrico no Instituto de Cardiologia de Porto Alegre.
Me tranquilizou de todas as maneiras que pode, dizendo que, no exame clínico, o sopro é mínimo! Que ela não tem hipertensão pulmonar (que é um dos riscos da CIA), e que, caso precise de cirurgia, a mesma é extremamente simples.

Conversei com o Dr. Marícilio, que é cardiologista, e ele também me disse que pelo tamanho possivelmente vá fechar sozinho e que a cirurgia, se for necessária, é simples.

Conversando com dois profissionais, acabei ficando um pouco mais calma, mas totalmente só vou ficar após a consulta com o cardio indicado pelo Dr. Pedro.

A consulta é segunda, e já estou com a nítida sensação que meu estômago está dobrado dentro de um envelope...
Quero muito poder voltar aqui na segunda a noite trazendo boas noticias.

Sei que o problema não é grave pois detectamos no início e poderá ser facilmente resolvido caso isso não ocorra naturalmente. Mas cogitar a possibilidade de minha filha se submeter a uma cirurgia cardíaca, por mais simples que possa ser, me tira o ar.
Com certeza quem é mãe está entendendo exatamente o que quero dizer...

Orkontro Zoo - 31/10/09

Antes de iniciar o papo chato e o que tem me deixado pra baixo nos ultimos dias, vamos falar de coisas alegres!!

Fizemos um orkontro no zoológico de Sapucaia no dia 31/10. Estava uma delícia!!

Aline, Ana Paula, eu e Deise

Com as crianças...

O dia estava super quente e nossa amiga Betina, por estar com 30 semanas de gestação, acabou ficando em casa. Tá perdoada Be...

Finalmente conheci a Aline e sua prole! Alex, Dudinha (minha afilhadinha virtual) e o foférrimo Luciano.
Também adorei rever a Ana Paula, que não via a quase dois anos.
A Deise... bem, a Deise não conta! Ainda mais sem a Alicia! hahaha

A Dedra também foi ao zoo no mesmo dia e participou do orkontro.

Dia maravilhoso! Aproveitamos muito! Assim que conseguir as fotos feitas pela Ana Paula, posto mais!

E pra encerrar com chave de ouro, fomos a Charqueadas visitar minha comadre/amiga/irmã Déia. Nós iríamos a uma festa, mas acabamos saindo apenas pra jantar e colocar conversa fora.
Esses raros momentos de papo com a Déia me passam a sensação de alma faxinada. Muito bom ouvir alguém dizer sempre aquilo que tu precisa naquele momento. Conosco é assim!
Amizade é uma coisa que não se explica MESMO!!! (infelizmente não fizemos fotos...)

Chegamos em casa as 3 da madrugada!

O dia foi cansativo mas muito proveitoso!!! Amei!

Faxinando...

Gente, o blog está criando teia de aranhas...

Quando ao PD, acho que deu pra perceber que larguei de mão.
Quero agradecer muito a paciência do Dr. Marcílio. Vou continuar meu tratamento, agora com a ajuda de um psiquiatra que trabalha com distúrbios alimentares. Eu tenho consulta dia 13/11 e espero que me ajude a impulsionar de vez esse tratamento.
Emagreci 1kg nos últimos dias e vou tentar manter o blog atualizado com meus avanços.

Andou acontecendo algumas coisinhas chatinhas nos últimos dias. A tarde, com mais tempo, vou postar com mais calma...

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

+ um Selinho!!

Obrigada Pati!!!
Regras:
1 - Postar o selo e identificar quem indicou: ok!
2 - Contar quais as três melhores viagens que já fizeram: Rio de Janeiro(deslumbrante), Gramado/Canela (sempre uma boa opção) e Beto Carrero em Penha (amo!)
3 - Contar 3 lugares que ainda querem conhecer: Bonito (MT), Veneza (Itália) e Santo Antônio das Missões (RS - impressionante, mas ainda não conheço...)
4 - Indicar 10 amigas blogueiras, avisando a indicação do selinho:
Vou indicar esses 5 blogs, que são os que mais acompanho!!

Tarefas da 5ª Semana - PD

Ainda hoje! Neste blog...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Infertilidade: o mal do século?

Nos últimos tempos tenho ficado muito impressionada com os casos de infertilidade a minha volta. Tão impressionada que me senti motivada a criar um post sobre isso.

Não é segredo nenhum que precisei encarar uma luta de 2 anos até conseguir ter a minha filha.
Tratamentos inúteis, diagnósticos vazios, muitos hormônios, muita ansiedade e por consequência, 14 kg a mais na balança.

Nunca pensei em filhos. A idéia de ser responsável por alguém pelo resto da vida e de nunca mais pensar em mim em primeiro lugar sempre me assustou muito! Até que no final de 2004 muita coisa mudou.

Meu marido sempre adorou crianças e comecei a me sentir em débito com ele. Estava em fase de conclusão da minha graduação e perdi um grande amigo em um acidente de carro. Tudo ao mesmo tempo gerando um furacão dentro de mim. Estava iniciando o maior período de ansiedade pelo qual passei na minha vida...

Busquei então o meu ginecologista na época e coloquei pra ele a minha vontade de ter um bebê e que eu também me preocupava com o fato de nunca na minha vida ter usado métodos anticoncepcionais de forma segura e nunca ter engravidado antes.
Fizemos alguns exames que nada demonstraram e iniciei minhas tentativas. Passados 6 meses, fizemos novos exames e iniciamos o uso de medicação para induzir a ovulação.

Engravidei após quase 2 anos de tratamento, lutando contra uma infertilidade sem origem certa.
A sensação de não sabermos contra o que estamos lutando é terrível!!!

Perdi meu primeiro bebê com 7 semanas de gestação. Um sangramento quase invisível, uma ecografia e meu mundo veio abaixo...
No dia que soube que meu bebê tinha parado de se desenvolver, o médico, com a sutileza de um elefante dançando ballet em uma loja de cristais, disse que a culpa pela má-formação fetal era exclusivamente do meu excesso de peso!!!
Imaginem isso sendo dito a uma pessoa que está indo pro hospital, fazer uma curetagem!!! Eu nem estava assimilando direito as palavras dele...

Bem, fiz a curetagem e quando voltei ao consultório conversamos e ele me repetiu as mesmas palavras. Dessa vez, já ouvi de maneira mais crítica, pois o calor do momento havia passado e eu estava mais calma, embora visivelmente abalada.
Ele então me proibiu de engravidar por pelo menos 6 meses e afirmou que eu precisaria emagrecer pelo menos 12kg antes de encarar uma nova gestação, pois os riscos de uma nova perda existiam se o peso continuasse ali.
Confesso que nunca tinha escutado nada nesse sentido!!!

Resolvi então procurar um especialista em reprodução assistida, e, por indicação de uma amiga do orkut, a Germana, fui parar nas mãos do Dr. Eduardo Pandolfi Passos, que é Presidente da Associação Nacional de Reprodução Assistida. Com certeza, o mais renomado médico do Brasil quando o assunto é reprodução humana.

Contei a ele toda a minha via-crucis.
O que mais me chamou atenção, foi ele ter afirmado, com todas as letras, que não acreditava que um médico havia me dito tamanha bobagem com relação ao meu aborto!

Existe sim, uma infertilidade relativa que pode ser originada pelo excesso de peso (o que possivelmente era, e é, o meu problema). Mas JAMAIS o meu excesso de peso poderia influenciar na má-formação embrionária.

Passei a fazer indução de ovulação desde a primeira consulta com o Dr. Eduardo. Fiz controle de ovulação através de ultras seriadas, tomei injeções pra romper os folículos (coisas que durante o tratamento com o médico anterior eu nem sabia que existiam...), coito programado e minha filha foi concebida no primeiro mês de tratamento!!!

Sorte? Pode ser...
Mas no meu caso, atribuo boa parte a competência dos profissionais que estiveram ao meu lado.

Claro que meu excesso de peso me rendeu problemas na gestação! Mas confesso que imaginei que os problemas seriam de maior repercussão. Tive hipertensão gestacional desde as 24 semanas, que foi controlada sem medicação, apenas com repouso relativo. Engordei apenas 9kg durante toda a gestação, pois, como já estava muito acima do peso ideal, precisei de um grande controle. Minha filha nasceu de parto cesáreo, no dia 26/06/07 com 37 semanas de gestação, 47cm e 3.365kg, apgar 9/9.

Pensei que minha infertilidade fosse um caso isolado. Dentro de uma gaveta preconceituosa do meu cérebro, sempre imaginei que problemas relacionados a infertilidade fossem exclusivos de pessoas mais velhas!

E de uma maneira ou outra comecei a ser bombardeada por problemas semelhantes acontecendo com amigas próximas!

O primeiro caso foi o da Graciele. Indiquei a Clínica Segir e o Dr. Eduardo.
Muitos exames e o primeiro diagnóstico: SOP
A Gracy foi um exemplo de determinação, de força e de confiança! Depois de mais de 2 anos de tratamento, está com seu anjinho Gabriel nos braços, com 6 meses...

Mas a listinha não para por aí! Antes fosse...
Tenho pelo menos outras 6 amigas "reais" na mesma situação. Fora as virtuais, que são tantas que nem posso contar...

Semana passada descobri que a esposa de um grande amigo meu (alguém por quem, mal conhecendo, já tenho um carinho imenso) tem endometriose em estágio avançado. Estão fazendo tratamento desde o início do ano, já fizeram 3 FIVs e nada.
Isso me deixa muito, mas muito triste...

A mim, resta indicar a Clínica Segir e torcer para que tenham um final feliz como o meu e o da Gracy.

Sei que quando eu for tentar um novo bebê, vou precisar encarar novamente um tratamento. Afinal, desde que a Ana Clara nasceu, nunca usei nenhum método contraceptivo muito confiável, e não engravidei novamente.
Sei o que me espera e sei que provavelmente tenha a ver com a tal "infertilidade relativa em decorrência do excesso de peso".

Mas é isso o que eu digo pra todas as minhas amigas que passam por situação semelhante: não desistam de seus sonhos, de seus objetivos, de suas metas.

"Não creias impossível o que apenas improvável parece." (Shakespeare)

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

E o final de semana se foi...


Passou rápido demais, como sempre...
Ana Clara e seus dodóis...
Sobre a saúde da AC, comunico que quem apostou em amigdalite ganhou!
Impressionante o febrão que problemas relacionados a gargantinha dela podem gerar.
Entramos com antibiótico e a febre desapareceu como por mágica.
Mas depois disso veio diarréia, tosse e por aí vai!
Só nesse mês ela já teve crise de rinite, já foi "mordida" por um cachorrinho, amigdalite e tosse.
Já chega né? Alguém manda outubro embora, por favor?


(Ah, quem lê minhas baboseiras deve lembrar que dias atras comentei que uma amiga, a Daniela Nardi, tem o mesmo problema nos finais de semana com o Fabrizio, filho dela. Pois bem, só pra deixar registrado que, nesse final de semana que passou, não foi diferente...)

Dia perdido!
Convidei uma amiga que tem um filho da idade da AC (a Dedra e o Bruninho), para irmos a um parque com as crianças no sábado. Mas graças ao nosso clima "maravilhoso", desabou uma chuvarada e ficamos chupando o dedo. Frente a isso, acabei saindo sábado pra comprar algumas coisas sem a minha bebê. O que me dá uma imensa sensação de dia perdido.
Domingo, fomos almoçar no shopping com minha mãe, meu padrasto e meu irmão e acabamos chegando quase 17hs em casa. Embora a AC tenha brincado muuuito com o Henrique, foi outro dia que termina e eu fico com sensação de dia perdido.

Definitivamente, shopping pra mim não é mais lugar pra passear. Adoro ir ao shoppinng! Vou toda a semana! Mas só curto se tenho um objetivo direcionado.
Se vou ao shopping comprar roupas, pagar contas ou fazer qualquer coisa do gênero, não gosto de levar a AC. Se a AC vai junto, procuro fazer um passeio com ela. Criança não tem obrigação de olhar vitrines e de esperar mãe experimentar roupas!
Se o pai dela está junto, tudo bem, ainda dá pra tentar conciliar alguma coisa. Caso contrário, não!
Seja como for, vou tentar recuperar esse final de semana no próximo! Se São Pedro colaborar, vai rolar até orkontro no zoológico! A-d-o-r-o!

PD
Acabei não postando a minha alimentação durante a semana, mas melhorou consideravelmente!
A "grande jacada" fica por conta da pizzaria de sexta a noite. Embora não tenha comido como nos velhos tempos, não comi como deveria. Isso não mesmo!
Sábado a tarde meu lanche foi um McLanche Feliz. Saudável, pouco calórico e baratinho, hehehe
Mas compensei com um peixe no forno a noite.
Ontem a tarde comi uma fatia de torta mousse de chocolate. Pequena, sem exageros!

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Só mais algumas coisinhas...

A AC continua com febre.

Ontem ela passou o dia todo bem, mas no final da tarde, em segundos, a temperatuda dela foi a 39,5º.
Durante a noite ela também ficou febril e controlamos com anti-térmico.
Hoje vamos consultar, mas acredito que o problema seja na gargantinha. Façam suas apostas!

Hoje é aniversário do meu querido amigo Antônio!!
Apa, tudo de melhor pra ti, hoje e sempre!!!
Te adoro um montão grandão assim \________________/


Quero agradecer também as minhas amigas blogueiras, em especial a Pati! Que não me deixa desistir dos meus objetivos! Beijos queridas!

10 Dicas para um emagrecimento saudável

Comer, comer e comer! Para quem quer emagrecer a comida não sai da cabeça 24 hora por dia!

O que era um ato espontâneo, passa a ser pré-determinado. Explica-se: emagrecer requer horários para as refeições, não podera mais ir correndo para a geladeira a qualquer momento só pra satisfazer uma mera vontade. Alimentar-se é fonte de prazer, mas, primeiramente, fonte de energia e nutrientes para o organismo.

Convenhamos, quando se fala em disciplina alimentar, quem não torce o nariz? Quem é que não acha que vai cair de pára-quedas em um campo de concentração, onde irá tocar a sirene da alimentação sem gosto?

Esqueça tudo isso! Alimentação sem sabor e altamente restrita significa sentido oposto do emagrecimento saudável. Isso mesmo.

Antes de dar pulos de alegria é bom saber - e ter certeza - do que pretende pra você.

Emagrecer por estética só pra entrar naquele vestido que insiste em ficar justo ou pra entrar na calça de um ano atrás que tinha caimento perfeito faz com que loucuras sejam cometidas. Tenta-se de tudo. Dias e dias ingerindo apenas saladas. É a dieta verde! Dias e dias bebendo só suco. É a dieta da vitamina. Dias seguidos engolindo a mesma sopa. Que dieta é essa?

Atitudes emergenciais trarão sucesso? Depende do que se entende por sucesso. Se ele significa ir àquela festa com o tão sonhado vestido, parabéns! Um conselho? Prepare-se para o que virá. Não se desespere se, na próxima semana, encontrar dificuldades para entrar na mesma peça de roupa.

Agora, se pretende mudar a alimentação para ter um corpo mais saudável, mais disposto e mais bonito, a conversa é outra.

Não há fórmulas mágicas. Se quer uma receita para ajudar no emagrecimendo, sem segredos, atividade física! Será bom estar mais disposto e, de quebra, queimar calorias e melhorar o condicionamento físico.

Emagrecer lentamente é desestimulante, já que não vê os resultados rapidamente? E o que dizer das tentativas frustradas? Como se sente quando se recorda de tantos sacrifícios?

Então, siga as 10 dicas seguintes e tenha um emagrecimento saudável. E é claro, duradouro.

1-Não tenha pressa. Se está acima do peso, pergunte-se a quanto peso carrega esse excesso. Então, para que eliminar o peso do dia pra noite?

2-Corrija gradativamente a sua atitude com relação a comida.

3-Não exclua de um dia pro outro aqueles alimentos que só de pensar dá água na boca. Na verdade, nunca o exclua. Mas saiba quanto e quando pode ingerí-lo.

4-Controle a ansiedade. Encontre uma distração ou hobby que faça com que a sua atenção desvie da comida.

5-Estipule horários para as refeições.

6-Deixe de comer aquele doce e substitua pela fruta de sua preferência.

7-Beba muita, mas muuuuuita água.

8-Deixe seu prato colorido. Saladas e legumes devem estar presentes diariamente em seu almoço e jantar.

9-Se alguém notar que vocês está adotando novos hábitos e perguntar se está de "regime", mande um audível "não". Muitas pessoas adoram sabotar as intenções alheias.

10-Confie em você. Tenha sempre uma atitude positiva. Estar determinada e confiante é mais do que meio caminho andado para atingir seu objetivo.

fonte: http://cyberdiet.terra.com.br/cyberdiet/colunas/030516_nut_mandamentos.htm

PD - o esquecido!

Bem, é notório que deixei de lado o PD e o Dr. Marcílio está me cobrando, hehehe

Perco a motivação muito fácil, e aconteceu uma coisa que me deixou chateada. Mesmo eliminando 3cm de cintura, engordei 2kg. Pronto! Foi o suficiente pra me tirar dos trilhos.

Claro que sei q o mais importante são as medidas, mas quando estamos muito acima do peso, o que queremos é ver a balança baixando. Isso sim empolga!

Domingo tivemos reunião no MSN, levei uns puxões de orelha e resolvi tomar vergonha na cara, novamente...

Desde segunda estou conseguindo me manter dentro das quantidades determinadas.
Ontem ingeri 1278kcal.
Não anotei as calorias de segunda. Meu almoço foi um pratinho de salgadinhos de festa e 3 docinhos. Reduzi o jantar...

Pretendo não desanimar dessa vez. Mas se isso acontecer, não tem problema! Volto denovo!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Hoje é terça! T-E-R-Ç-A!!!!

O calendário biológico da minha filha deve estar desregulado... Só pode!
A tempos que a AC resolve ficar dodói somente em sextas! Preferencialmente a noite e quando o pai está trabalhando!
Se tem feriado na segunda então, daí mesmo que ela gosta!!
Juro que não entendo qual a graça!

É inevitável que crianças adoeçam e nem queria que fosse diferente com ela. Sei que essas viroses fazem parte do amadurecimento do sistema imunológico dela e aceito legal.
O que não consigo entender é pq isso sempre acontece a noite, quando o pai está trabalhando e nos finais de semana, quando se torna complicado buscar auxílio médico...

Sempre que preciso, ligo pro pediatra dela, que me atende e se possível já me passa as coordenadas de um primeiro atendimento por telefone mesmo.
Mas tem vezes que nos assustamos justamente por sermos leigos, e não resta outra alternativa a não ser correr pra um pronto-atendimento.

Já conheço os médicos que atendem no pronto-atendimento aqui de Esteio, então procuro sempre ligar e verificar qual deles está atendendo. Tenho minhas preferências sim, não adianta, e dependendo de quem está no plantão, nem saio de casa!

Dia desses estava conversando sobre isso com uma amiga, a Daniela Nardi, que é a mamãe do Fabrízio (da mesma idade da AC). Ela relata que com ela a coisa é assim também. Sempre as sextas ou finais de semana...

Bem, mas hoje é terça!

Ontem a noite, antes do Cristiano sair pra trabalhar, ele colocou a mão nela e disse pra ficar de olho, pois a temperatura dela não estava normal. Ah, pára! Sei perfeitamente quando ela está com febre e sei até a temperatura sem precisar de termômetro!! Ela não estava com febre e estava brincando super feliz!

Pois bem, na dúvida, deixei ela dormir na minha cama e as 3 da madrugada ela acorda dizendo: "Olha mãe, tem um piu-piu na minha toalhinha! Que lindo ele!"
Já senti que tinha algo errado. Ela nunca acorda durante a madrugada! Principalmente pra fazer discurso sobre piu-piu de toalha!!!

Em segundos a temperatura estava nas alturas e ela começou a vomitar. Não tinha mais o que sair do estômago. Um pecado!

Temperatura: 39º

Mediquei e fiquei com ela no colo, olhando Shrek. A febre subiu mais um pouco antes de reagir a medicação.
Ela dormiu por volta das 4:30.

Depois acordou as 6 pedindo colinho. Dei o colo, ela dormiu e consegui cochilar mais um pouquinho.
Fomos as 8:30 pra casa da minha tia e ela está dormindo até agora, 11hs...
Ela nunca dormiu até essa hora, e essa sonolência dela também é uma coisa que me assusta...

Enfim, vou aguardar ela acordar, ver como vai ser o restante do dia e definir se precisamos consultar ou não.

E também quero saber se essa zica, em uma terça, veio adiantada ou atrasada...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Horário de Verão!

Seja bem-vindo!!!!

A-M-O o horário de verão!

Ele mal começou e já fico imaginando que deveria durar mais. Se o objetivo do horário de verão é prolongar os dias para que ocorra um menor consumo de energia elétrica, não entendo pq ele termina no meio do verão!!!

Alheio a economia de energia, o motivo pelo qual fico feliz no horário de verão, é saber que saio do trabalho as 18hs e ainda tenho muito dia pela frente. Dia que posso aproveitar de várias maneiras! A disposição aumenta e posso fazer coisas em casa que acabo sempre deixando pra depois, pois "já é noite". Dia que posso aproveitar também no trabalho, pois sou corretora de imóveis e não gosto de fazer visitas a noite, um imóvel, para ser plenamente analisado, precisa ser visto durante o dia!!!

Tenho mais vontade de sair pra rua também. Caminhar a tardinha, sem medo da escuridão das ruas e sem precisar colocar várias camadas de roupas pra me proteger do frio glacial que nos visita a cada inverno, também é uma maravilha!!

Amanhã pretendo começar a sair pra caminhar com a Ana Clara assim que chegar do trabalho. Vou colocá-la no carrinho (sim, ela ainda adora passear no carrinho), e vou fazer minha caminhada com a melhor compania do mundo!!

Lembrei agora de uma pessoa que sempre me arranca risos quando o assunto é mudança de horários: o Tio Manoel - ou "Bacudo" como ele mesmo prefere ser chamado.
O Tio Manoel é irmão da minha avó, ou seja, é meu tio-avô. Ele mora no interior de Alegrete e é uma figura que parece ter saído de histórias em quadrinhos!
Ele se nega a mudar o horário! Simplesmente diz que não entende como isso funciona! De certa maneira, até tendo compreender, pois ele mora no interior, em um sítio, e mesmo com mais de 80 anos, passa o dia na lida do campo e cuidando dos animais. Os animais, alheios ao horário de Brasília, continuam a vida deles, na mesma rotina.
Quando estamos visitando o Tio Manoel, e fazemos referencia a qualquer coisa que precise dizer o horário, ele sempre pergunta: "No horário novo ou no horário velho?"
Sempre!!! Chega a ser irritante!!! hehehehe
Adoro essa figura!!!

Bem, voltando pra Esteio, o horário de verão é complicado nos primeiros dias. A adaptação da minha rotina ao novo horário. Principalmente minha rotina de sono (pra quem não me conhece, posso ser considerada uma pessoa boa de cama - eu deito e durmo!)

Passo os primeiros dias caindo de sono, principalmente por causa da Ana Clara, que ontem, pra vocês terem idéia, tirou o cochilinho da tarde as 19:00, acordou novamente as 21:30 e ficou brincando e olhando televisão até as 2:10...

Não preciso nem dizer que hoje fiquei um prego o dia inteiro né?

Mas ontem também tínhamos outra desculpa para o atraso no horário de cochilo dela. Era a festinha de aniversário do meu irmãozinho, Henrique. Ele completou 7 aninhos e ontem reunimos os amiguinhos pra uma festinha bem divertida - e agitada!
Ana Clara não ficou de fora! E mesmo com sono brincou bastante, correu, comeu muitos docinhos... mas a soneca no horário errado foi inevitável!
Sem problemas! Agora marca 22:13 e ela já está dormindo como um anjo.

E eu, que não sou boba e estou aqui quase batendo com a testa no teclado, vou lá dormir também...